Política

Presidente Lula marca reuniões com papa Francisco e Macron no G7 e não prevê encontro com Milei


Como convidado, Lula participará de uma sessão específica da cúpula do G7, que conta com debates exclusivos entre os integrantes do grupo das sete economias industrializadas

Ricardo Stuckert/PRPapa e Lula
Segundo informações do Itamaraty, Lula solicitou um encontro bilateral com o papa Francisco durante o evento e o pedido foi aceito

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está com uma agenda cheia durante a cúpula do G7 no sul da Itália, que acontece entre os dias 13 e 15 de junho, em Borgo Egnazia, na região da Puglia. Segundo informações do Itamaraty, Lula solicitou um encontro bilateral com o papa Francisco durante o evento e o pedido foi aceito. Lula vai participar como convidado da cúpula do G7. Além disso, o presidente brasileiro tem reuniões previstas com o presidente da França, Emmanuel Macron, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Apesar de serem os líderes das duas maiores economias da América do Sul, Lula e o presidente da Argentina, Javier Milei, não têm um encontro bilateral agendado. Os dois são adversários políticos e ainda não se reuniram desde a vitória do ultraliberal. Como convidado, Lula participará de uma sessão específica da cúpula do G7, que conta com debates exclusivos entre os integrantes do grupo das sete economias industrializadas (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido). Lula foi convidado para o evento pela primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, e sua presença promete ser marcante, com diversas reuniões bilaterais e participação em debates importantes sobre questões globais.

Publicado por Carolina Ferreira

*Reportagem produzida com auxílio de IA

 





Fonte: Jovem Pan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *