Fashion Notícias

Deborah Secco diz que gosta de sexo anal, revela habilidade com pompoarismo e conta que já transou com famosa


Atriz participou do podcast ‘Surubaum’, comandado pelo casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso

Reprodução/Facebook/@dedeseccoDeborah Secco
Deborah Secco fez revelações picantes em podcast sobre sexo

A atriz Deborah Secco participou do podcast “Surubaum”, um projeto do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso para falar sobre intimidades, tabus e outros temas relacionados ao sexo. Em entrevista apimentada, Deborah afirmou que tem muito prazer com o sexo anal e revelou que “engole” o sêmen do parceiro em vez de cuspir. “Eu amo dar o c*. Acho gostosíssimo. Tenho inclusive uma aula de como fazer sem doer. Para mim, o sexo anal incha o meu clitóris, aí encosta no clitóris, eu gozo. Então o sexo anal para mim é legal, muito prazeroso. Não faço por pressão masculina, faço porque é legal para mim”, disse a estrela de “Bruna Surfistinha” e “Confissões de Adolescente”. Sobre a ejaculação masculina, ela revelou que “às vezes [meu parceiro] goza na barriga e eu vou lamber. Tem uns que tem gosto de éter, mas tem uns que são gostosinhos”. Em outro ponto da conversa, revelou detalhes do tórrido relacionamento que teve com uma mulher. “Era tipo um copo d ‘água. Foram vários copos d ‘água, assim, na minha cara, molhava meu cabelo, juro. Essa foi sem dúvida a mulher mais gostosa com quem eu já transei. E ela sabe quem é, ela é famosa”, declarou a atriz, sem revelar o nome.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Deborah ainda revelou suas habilidades adquiridas após nove anos de aulas de pompoarismo. Segundo a artista, ela consegue fumar e jogar bolinhas com a vagina, resultado do fortalecimento do assoalho pélvico. Além disso, Secco compartilhou que o pompoarismo a ajudou a ter uma vida sexual mais satisfatória, facilitando o sexo e o orgasmo. Além disso, a famosa revelou que já levou casais para transar com ela e Hugo Moura, seu marido, embora não seja afeita a orgias. “Sou mais do romance, do envolvimento, da conquista, mas não sou do sexo só pelo sexo. Tenho que me apaixonar intensamente, ter uma paixão forte ou um algo a mais.”

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA





Fonte: Jovem Pan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *